A Laje nervurada é uma laje constituída de nervuras ou barras, interligadas por uma capa ou mesa de compressão. Em relação à laje maciça, a laje nervurada é mais econômica por eliminar o concreto desnecessário na região tracionada. Por ter mais altura que a maciça de mesma inércia, a laje nervurada reduz também a ferragem.


história

Desde as antigas civilizações as estruturas horizontais reticuladas (semelhantes às lajes nervuradas) são empregadas por serem mais rígidas com menos material.

Gregos, romanos, bizantinos e otomanos mostram isto nos tetos de suas edificações, ainda hoje preservadas e encontradas após escavações que as descobriram. O mais famoso registro desta aplicação é encontrado no quadro Última Ceia de Leonardo da Vince de 1498 que reproduz um ambiente do século I.

O emprego deste tipo estrutural em lajes acelerou-se no século XX após publicações técnicas como as de Leonhardt (1909/1999) orientar seu dimensionamento e seu detalhamento. O professor Montoya, famoso engenheiro espanhol, trata detalhadamente este assunto em suas obras bibliográficas.

No Brasil a ATEX é a pioneira na colocação de moldes para as lajes nervuradas desde 1991. Com sua atuação técnica no mercado nacional contribuiu muito para a divulgação e utilização desse sistema construtivo.


Soluções estruturais com laje nervurada:


LAJE ATEX® COM VIGAS


Constitui-se de lajes nervuradas apoiadas em vigas. É um sistema tradicional onde a aplicação de lajes nervuradas traz economia de concreto e aço, eliminação do assoalho e velocidade de execução com a utilização do Sistema CABETEX.



LAJE ATEX® COM FAIXAS


Constitui-se de lajes nervuradas apoiadas em vigas faixas. Neste caso as vigas faixas (largura maior que a altura) geralmente são de mesma altura que as lajes nervuradas, gerando um único horizonte de fôrmas e escoramento, racionalizando a execução.

A utilização de lajes nervuradas traz economia de concreto e aço, eliminação do assoalho e velocidade de execução com a utilização do Sistema CABETEX.



LAJE ATEX® COGUMELO


É constituída de lajes nervuradas e capitéis (ou ábacos) apoiados diretamente nos pilares sem utilização de vigas ou faixas.

Empregando lajes nervuradas neste tipo de estrutura obtém-se mais economia, pois, na região de maiores esforços encontram-se os maciços e na região dos menores esforços encontra-se a laje nervurada.

Este tipo de solução estrutural gera maior produtividade na obra durante a montagem de escoramento pois este é somente montado em um nível horizontal.



LAJE ATEX® PROTENDIDA


A laje nervurada pode ser protendida, ou seja, comprimida com a introdução de cabos pós-tracionados e ancorados na mesma.

Com esta possibilidade aumenta-se muito a utilização dela para grandes vãos (~20m), com grande economia, pois a protenção é aplicada para eliminar ou diminuir os efeitos das cargas permanentes e, com laje nervurada, tem-se em torno de 30% de redução do peso próprio, maior componente daquelas cargas.



LAJE ATEX® COM PRÉ-MOLDADO


Pode-se aplicar laje nervurada em estruturas pré-moldadas obtendo racionalidade e economia consideráveis.

A logística (transporte, içamento, montagem etc.) para grande vão de laje é onerosa e difícil.

Com pilares e vigas pré-moldados (peças de menores pesos) montam-se rapidamente os elementos de apoio e, utilizando laje nervurada moldada no local, obtém-se redução de concreto e aço, além de enrijecimento da estrutura.



LAJE ATEX® COM ESTRUTURA METÁLICA


Grande economia se obtém com o emprego de laje nervurada apoiada em estrutura metálica.

Neste caso a estrutura fica constituída somente de vigas principais, apoiadas nos pilares, sem utilização das secundárias que seriam necessárias para emprego de outros tipos de lajes.

Outra opção de grande rentabilidade (velocidade e economia) é a Laje ATEX cogumelo com pilares metálicos.