Home » Materiais » Patologias da cerâmica: principais problemas e soluções

Patologias da cerâmica: principais problemas e soluções


Um dos fatores que mais desagradam esteticamente na fachada de um prédio é o destacamento das placas dos revestimentos. Assim, a engenharia civil busca a cada dia entender melhor as patologias da cerâmica e em quais contextos elas são mais frequentes.

Afinal, não é só o aspecto visual que fica comprometido quando esse problema se manifesta. Além da desvalorização do imóvel, há a preocupação recorrente de que uma das placas possa causar acidentes.

Patologias da cerâmica

Por isso, vamos conhecer um pouco melhor esses problemas e discutir cuidados e soluções possíveis para o material

Boa leitura!

Destacamento de placas: principais motivos

A perda de placas pode ser decorrente de uma série de eventos, desde problemas nos procedimentos executados na implantação do revestimento em outras áreas do projeto ou até mesmo interferências ambientais.

Preenchimento incorreto do verso da placa

O preenchimento incorreto do verso das placas de cerâmica com a argamassa colante pode gerar o destacamento das peças até mesmo no médio prazo.

Análises das unidades que se soltaram muitas vezes revelam que a quantidade de argamassa utilizada não foi suficiente para manter a placa estável.

Tempo de exposição da argamassa colante

Assim como outros materiais colantes, a exposição excessiva ao ar livre da argamassa utilizada para colar as placas de revestimento pode prejudicar as propriedades do material.

Por isso, ao iniciar a aplicação do material, a equipe deve estar comprometida na agilidade do procedimento para evitar que a capacidade de colagem seja afetada.

Estrutura contra movimentação

Apesar da movimentação de construções ser um assunto mais comum quando tratamos de grandes pontes, por exemplo, o fenômeno deve ser considerado em qualquer projeto da engenharia civil.

Algumas placas de revestimento, principalmente as com absorção superior a 3%, possuem maior potencial para movimentação higroscópica. Esse fenômeno exige mais resistência do que as movimentações relacionadas à variação da temperatura.

Fatores como uso de rejunte excessivamente rígido, falta de juntas adequadas para movimentação e posicionamento equivocado das peças também são fatores associados ao destacamento.

Tamanho das peças do revestimento

Os problemas de destacamento da cerâmica acontecem em placas de diferentes tamanhos, mas ainda assim é possível notar diferenças de comportamento.

As peças menores geralmente têm um comportamento mais “confortável”, devido à maior quantidade de juntas no revestimento, dissipando melhor as tensões na estrutura. Já as peças de maiores dimensões exigem mais esforço de cisalhamento, o que pode aumentar o risco de destacamento.

Problemas no preparo

O preparo falho da base para aplicação das placas potencializa as chances de destacamento. Entre os problemas do preparo, podemos citar a cura incompleta, presença de óleo, graxa ou poeira.

É imprescindível evitar formação de uma película sobre a argamassa colante. Isso ocorre ao deixar a argamassa mais de 2 horas exposta após a adição de água, diminuindo a capacidade de colagem da mistura.

Patologias da Cerâmica

_______________________

Com o conhecimento das principais causas da patologia, é importante ressaltar a correção dos procedimentos que irão garantir mais resistência ao revestimento, mantendo os edifícios com sua estrutura intacta, aparência agradável e potencial de valorização.

Cuidados para a recuperação

Os cuidados a seguir servem não somente para a aplicação do revestimento de cerâmica, como também são orientações válidas para procedimentos de correção do destacamento.

Há fatores ambientais e climáticos que influenciam diretamente no comportamento das peças, então é importante considerar cada detalhe.

Limpeza do revestimento

A recuperação passa pela retirada de impurezas e outros elementos na superfície em questão. A limpeza apropriada retira sujeira, umidade, óleo e resquícios de vazamentos.

A limpeza é feita com broxa, escova de fio de aço, escovão, com jatos de água pressurizada ou via mangueira. Dependendo das substâncias encontradas na superfície, pode-se usar água sanitária.

O ideal é retirar todas as peças comprometidas e realizar a aplicação de nova argamassa colante em peças virgens.

Recuperação da argamassa

Para restaurar o revestimento, é importante analisar o estado da argamassa. O chamado teste do “bate-choco” consiste em realizar leves golpes com martelo na região e perceber se a pancada emite um som oco.

Em caso positivo, o emboço deve ser removido e refeito nos locais com problemas diagnosticados.

No caso do fenômeno de desagregação, o emboço avariado pode ser retirado utilizando a escova de fio de aço até que se encontre a camada firme. Assim, o material perdido é reposto com nova argamassa colante, sem exceder 10 mm de espessura.

Novas juntas

Se as juntas de movimentação precisarem ser refeitas, o procedimento deve seguir as orientações específicas de um projeto de recuperação.

Elas devem seguir as proporções de largura e profundidade estabelecidas em projeto, estando secas e sem resíduos presentes na superfície. A aplicação do material da junta, com a instalação de novas placas de revestimento respeitando os espaçamentos corretos entre cada peça, irá proporcionar uma fachada mais bonita e durável.

______________________________

São muitos os fatores que causam o destacamento das placas. Nesse artigo, conhecemos alguns dos fenômenos mais comuns e destacar possíveis soluções para evitar e recuperar o revestimento de um edifício.

Com os procedimentos corretos, a estrutura das fachadas é preservada, destacando a boa aparência, evitando acidentes e a desvalorização do empreendimento.

Para conferir mais artigos sobre o mundo da engenharia civil e conhecer incríveis projetos arquitetônicos, acompanhe sempre o Blog da Atex e nossos perfis nas redes sociais!

admin
Sobre o autor
  1. MVM CONSTRUÇÕES disse:

    Excelente material sobre um problema recorrente em vários edifícios novos e antigos em todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.