Home » Cases » Estudo de Caso 3: Conheça as diferenças econômicas entre laje maciça protendida X laje nervurada protendida

Estudo de Caso 3: Conheça as diferenças econômicas entre laje maciça protendida X laje nervurada protendida


Nosso terceiro estudo de caso faz um comparativo sobre a laje maciça protendida e a laje nervurada protendida.

Você está pronto para absorver mais esse conhecimento junto com a Atex?

Então vamos juntos nessa.

Qual é a principal diferença entre os dois modelos

A armação é a principal diferença entre as lajes de concreto protendido, quando comparadas às lajes de concreto tradicionais. Em vez de gaiolas e vergalhões feitas de aço, o modelo protendido é armado por meio de cordoalhas, que são materiais mais resistentes às tensões.

Esse sistema também permite o melhor uso da área de concreto, pois reduz a espessura da laje para 20 a 25 cm, comparada aos 31 a 35 cm dos modelos de lajes convencionais. Ele também possibilita a cobertura de vãos maiores, utilizando menos vigas, apenas quando forem necessárias. A utilização desse modelo diminui o peso da construção e o consumo de materiais, além de simplificar o canteiro de obras.

Vamos ao comparativo?

Atualmente, a laje maciça protendida é uma das mais aplicadas em projetos, devido à rapidez da construção e à facilidade do processo de execução, como um todo.

Uma alternativa que também costuma ser considerada “rival” da laje maciça protendida é a laje nervurada protendida. E para justificar sua aplicação, apresentamos um comparativo apresentando os pontos positivos e negativos de ambas.

Confira nas ilustrações abaixo.

laje-macica-protendida-e-laje-nervurada-protendida

Ao optar por uma laje com número reduzido de materiais, além de mais leve e menor custo, essa laje já é nervurada, seja ela protendida ou não.

Abaixo você confere o comparativo entre uma plana maciça e plana nervurada, sem protensão:

planta-laje-macica

armacao-inferior-laje-protendida

laje-nervurada-sem-vigas

armacao-inferior

armacao-superior

comparativo-laje-macica-protendida-e-laje-nervurada-protendida

Marcos Terra
Sobre o autor
  1. André Franco disse:

    Estudo muito interessante.

    • Marcos Terra Marcos Terra disse:

      Agradecemos o feedback, André! Amanhã, dia 18, publicaremos o último estudo de caso dessa série. Não deixe de conferir e continuar acompanhando as próximas postagens 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.