Home » Design e Arquitetura » Laje nervurada pelo mundo: D’Angelo Law Library

Laje nervurada pelo mundo: D’Angelo Law Library


Após um passeio pelo aconchegante projeto Structure and Gardens, em Bruxelas, e passagens pela Espanha, Índia e Brasil, nossa série sobre incríveis projetos arquitetônicos que usam laje nervurada volta aos Estados Unidos. Mais precisamente em Illinois, onde conheceremos a D’Angelo Law Library, a biblioteca de direito da Universidade de Chicago.

Laje Nervurada pelo mundo - D'Angelo Law Library

Começamos então o tour pelo espaço de estudo da escola de direito da Universidade.

Conhecendo o projeto

A D’Angelo Law Library foi inaugurada em 1960, com projeto de autoria do renomado arquiteto finlandês Eero Saarinen. O prédio de mais de seis andares e 10 mil m² passou por uma grande expansão em 1986 e renovação em 2008, mas foi mantida a estética original.

Por fora, o prédio apresenta um sistema de parede de alumínio vitrificado, mas por dentro explora a textura rústica do concreto aparente, aspecto que é marca das obras de Saarinen.

D'Angelo Law Library - Arquitetura neogótica da Universidade de Chicago

O edifício está localizado em um ponto central do campus, entre administração e corpo docente, prédios de aulas e serviços de apoio. O projeto, contudo, não estabeleceu a biblioteca como um ponto de destaque que se afasta dos demais prédios. O objetivo de Saarinen era que o edifício refletisse a verticalidade dos outros prédios de arquitetura neogótica do campus.

Um projeto de natureza modernista, o prédio renova o que seria as linhas de tetos de um castelo, com finas fachadas. As linhas intermitentes de fora acompanham o design interno, transitando espaços largos e estreitos e mobília personalizada para combinar com os ângulos externos.

Laje Nervurada pelo mundo - D'Angelo Law Library

A D’Angelo Law Library é protegida por um pátio que conta com uma piscina de poucos milímetros de profundidade, criada apenas para refletir o prédio e compor o paisagismo.

E as Lajes Nervuradas?

Do ponto de vista estético, as lajes nervuradas são pontos chave na criação do espaço interno. Elas potencializam os ângulos que as linhas serradas da fachada causam. Em cada espaço gerado pelas nervuras conta com uma lâmpada, gerando uma iluminação intimista e confortável para a prática dos estudos.

Laje Nervurada pelo mundo - D'Angelo Law Library - Salão Principal

O salão principal é simples e sofisticado, com o ângulo das pilastras, junto às nervuras, compondo uma sensação losangular no ambiente. A escadaria principal conecta o salão ao mezanino de forma sutil, com degraus desconexos que se comunicam com o design de ambiente.

Com as imponentes paredes de vidro, a biblioteca é inundada de luz natural enquanto os estudantes podem se sentir em meio às árvores dos arredores.

Laje Nervurada pelo mundo - D'Angelo Law Library - Escada

Do ponto de vista estrutural, o uso das lajes nervuradas permitiu tornar a robusta construção muito mais leve, rápida e econômica – com o menor uso de aço e concreto, vencendo grandes vãos e ajudando a alcançar um maior pé-direito.

Quer saber como conseguir uma estrutura incrível, mais leve, econômica, eficiente e sustentável, e que ainda proporciona inovadoras obras arquitetônicas? Então fale com nossa equipe e veja como implementar as lajes nervuradas no seu próximo projeto!

admin
Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.