Home » Engenharia » COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E SEUS EFEITOS POSITIVOS

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E SEUS EFEITOS POSITIVOS


Fizemos uma síntese das diretrizes para a aquisição de produtos e serviços, no setor da construção, de forma ambiental e socialmente responsável, que cumprem os requisitos legais e de responsabilidade do consumidor moderno.

 

A Compra Responsável na indústria da construção pode ser definida como a integração entre estratégias organizacionais e práticas de aquisição de materiais, que se baseia na responsabilidade ambiental, econômica e social e tem como objetivo promover uma nova forma de atuação das empresas, assumindo o compromisso como instituição responsável na especificação e aquisição de produtos e serviços.

De maneira geral, pode-se afirmar que a qualidade do material adquirido está correlacionada com os impactos ambientais negativos decorrentes de sua cadeia produtiva ao longo de seu ciclo de vida. A decisão pela aquisição de um material de menor preço, portanto, pode estar associada a custos ambientais e sociais invisíveis. Ao adquirir esses produtos, a empresa está contribuindo para que seus custos sejam externalizados aos trabalhadores, ao ambiente, ao poder público e à sociedade, e não internalizados e arcados pela própria organização que os gerou.

 

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

Baseados nos temas que o Instituto Ethos estabeleceu para tratar da Responsabilidade Social Empresarial (Valores e Transparência, Público Interno, Meio Ambiente, Fornecedores, Consumidores e Clientes, Comunidade, Governo e Sociedade), o SEBRAE adaptou-os para “Sete Diretrizes” que podem ser aplicadas à micro e pequenas empresas.

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

 

 

Como adesão às boas práticas, a empresa pode requerer ainda que seus fornecedores adotem os Dez Princípios Universais do Pacto Global (quadro 1). Esses princípios são derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção, uma iniciativa desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU) que propõe diretrizes de responsabilidade social e ambiental às empresas.

 

Quadro 1

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

 

Avaliação dos riscos das fontes de materiais e serviços

 

Adquirir materiais e contratar serviços sem critérios de avaliação é arriscar-se em contribuir para repassar os passivos legais, ambientais e sociais dos fornecedores associados aos produtos e serviços, além da possível associação de sua imagem institucional a esses fornecedores.

 

Rastreabilidade das matérias primas na cadeia de suprimentos

 

A compra responsável é um dos vetores de contribuição para a sustentabilidade do processo produtivo, uma vez que a rastreabilidade ao longo da cadeia de suprimentos da IC auxilia na transparência, na identificação e comunicação da origem ambiental e socialmente responsável das matérias-primas, componentes, elementos e serviços utilizados no processo construtivo. Toda a matéria prima recebida pela empresa deve ter procedimentos para identificação, registro e controle de entrada. Portanto, o objetivo da rastreabilidade é que os dados visíveis – preço, prazo, qualidade, documentação – tornem-se ainda mais claros, e aqueles, até então, invisíveis – como condições de trabalho, impactos ambientais negativos, entre outros – tornem-se realmente evidentes.

 

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

 

A identificação e registro do local de origem da matéria-prima recebida podem ser confirmados pela documentação de transporte e de compras e podem, também, ser verificados por amostragem. Deve haver uma pessoa responsável e treinada para recebimento e registro dos materiais e gestão das informações sobre fornecedores. Uma lista cadastral de fornecedores, matérias primas e suas origens deve ser mantida atualizada.

 As fontes de materiais podem ser classificadas em categorias quanto às informações sobre responsabilidade ambiental e social de sua origem, utilizando critérios adaptados às características e escala do empreendimento (Quadro 2). Essa classificação permite uma visualização geral ao gestor da quantidade de fornecedores, de quanto se conhece sobre as fontes de materiais, do quanto falta para que se conheça completamente a origem e se tenha segurança sobre a responsabilidade ambiental e/ou social associadas. Junto com outras informações, a verificação de atendimento dos requisitos permitirá avaliar os esforços necessários para qualificar os fornecedores. Uma avaliação periódica da situação permitirá avaliar a evolução do desempenho quanto à compra responsável na indústria da construção. As informações do quadro 3 podem ser utilizadas como um checklist e incorporadas a outros checklists da organização, e os materiais adquiridos podem ser classificados quanto ao nível de identificação da fonte, assinalando, para cada material e fornecedor, uma das três opções (1) fonte desconhecida, (2) conhecida e (3) não comprovada ou conhecida e verificada.

 

Quadro 2

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

 

Qualidade na aquisição de materiais de construção

 

A qualidade compreende o grau de atendimento, ou conformidade, de um produto, processo ou serviço a requisitos mínimos estabelecidos em normas ou regulamentos técnicos ao menor custo possível para a sociedade. As empresas que adotam os Sistemas de Gestão da Qualidade e a fabricação de produtos com base na conformidade ganham maior credibilidade e reconhecimento. A obtenção de certificação de qualidade, de acordo com a Norma ABNT NBR ISO 9001, confere maior qualidade aos processos industriais e seus respectivos produtos, pois é resultado de ações de padronização, sistematização, inspeção, controle e monitoramento de procedimentos de projeto e produção. Além de garantir os prazos e preços, as relações de parceria estabelecidas entre as empresas e seus fornecedores buscam a melhoria da qualidade.

 

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

 

Seleção de fornecedores para compra responsável na indústria da construção

 

Para o processo de compra ambiental e socialmente responsável, além das dimensões citadas, a seleção de fornecedores deve basear-se, ainda, nas dimensões que podem contribuir com a capacidade de competitividade: conformidade legal, responsabilidade ambiental e social. Um modelo de dimensões competitivas para a seleção de fornecedores, adaptado para compra responsável na indústria da construção pode ser concebido e está sintetizado no Quadro 3.

 

Quadro 3

COMPRA RESPONSÁVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

A empresa que implanta efetivamente o Programa de Compra Responsável tem uma série de vantagens

 

 

  • Melhorar o nível de responsabilidade ambiental e social na cadeia de suprimentos, contribuindo para eliminação da ilegalidade da informalidade na cadeia produtiva da construção civil;
  • Ter mecanismos para selecionar, avaliar e requalificar fornecedores, aprimorando sua função compras e, consequentemente a melhoria contínua da qualidade;
  • Posicionar-se competitivamente, utilizando a política de compra responsável na indústria da construção como vetor do processo de integração dos mercados e como instrumento de marketing;
  • Ser reconhecida como uma empresa de sustentabilidade empresarial, associando seu nome à reputação corporativa na percepção das pessoas, conferida pelas suas ações responsáveis;
  • Aumentar o potencial de competitividade da empresa, mediante a diferenciação em relação a competidores menos responsáveis, associando sua marca à imagem de organização ambiental e socialmente correta, minimizando os riscos de perda de reputação e explorando oportunidades de criação de negócios;
  • Reduzir custos com aumento na participação de mercados;
  • Aumentar a estabilidade institucional local com melhoria da imagem institucional interna e externa;
  • Captar recursos e ter maior facilidade de acesso a crédito, especialmente de instituições governamentais de fomento ao desenvolvimento econômico e social.

 

Os princípios, critérios e indicadores que constituem os requisitos de compra responsável são apresentados em forma de lista de verificação, como modelo que pode ser utilizado pelos profissionais para verificar sua implantação e cumprimento.

 

Faça o download da planilha compra responsável na indústria da construção.

 

Vamos continuar tratando do tema Compra Responsável na Indústria da Construção em nosso próximo post. Acompanhe para saber os benefícios e requisitos para implantar efetivamente o Programa de Compra Responsável na sua empresa.

Nossos conteúdos serão publicados sempre às terças, às 7 da manhã. Se quiser contribuir, comentar ou sugerir um tema, envie um e-mail para formadaobra@atex.com.br.

 

 


A Atex mantém uma gestão humanizada e voltada para eliminação dos efeitos nocivos ao meio ambiente em seus processos de fabricação e nos processos construtivos comercializados em todos os países que mantém operações. Além de reduzir o uso de recursos naturais, todos os produtos Atex são recicláveis e reutilizáveis. A organização é responsável por toda a cadeia produtiva da fabricação à reciclagem sem descartar nada no meio ambiente. As fôrmas Atex proporcionam mais ergonomia para os trabalhadores no canteiro de obras, mais produtividade e economia para os construtores. A Atex preenche todos os requisitos para atender à política de compra responsável da sua empresa. Fale com o nosso time e receba toda a documentação.

Ligue: 0800 979 36 11 ou envie um e-mail para formadaobra@atex.com.br

 

A Atex é líder em soluções construtivas com fôrmas para concreto: lajes nervuradas, lajes maciças, vigas, pilares, pilares redondos, paredes de concreto, além de uma linha completa de espaçadores, distanciadores e revestimentos para fachadas, pisos, forros e revestimentos.

Envie o seu projeto e receba um estudo gratuito.

admin
Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.