Home » Cases » Desempenho Acústico das Lajes Nervuradas atende às Normas Acústicas na Construção Civil

Desempenho Acústico das Lajes Nervuradas atende às Normas Acústicas na Construção Civil


Um das grandes preocupações quando se faz o projeto de um empreendimento habitacional é com relação à acústica. Isso porque a NBR 15575, Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais, criada em 2013, estabelece um padrão de qualidade do imóvel, inclusive sobre os limites de sons que podem ser ouvidos entre um andar e outro, seja por impacto ou sons aéreos. Neste artigos nós vamos entender o desempenho acústico das Lajes Nervuradas Atex.

É a qualidade do SISTEMA DE PISO que definirá esse vazamento de som dentro do padrão definido pela Norma de Desempenho. As Lajes Nervuradas da Atex, líder na América Latina na produção desta tecnologia, atendem perfeitamente o nível de isolamento acústico definido nas normas brasileiras, como componente do SISTEMA DE PISO empregado.

Veja nesse post mais detalhes sobre as lajes nervuradas e como são, comprovadamente, capazes de garantir a acústica exigida da mesma forma que as lajes maciças, por exemplo.

 

Lajes Nervuradas

A Atex produz as fôrmas de plástico utilizadas para construir lajes nervuradas, que aumentam a produtividade da obra e permitem grande economia de concreto e aço. A companhia foi pioneira ao trazer a tecnologia da Europa para o Brasil e, atualmente, oferece mais de 120 modelos de fôrmas com a maior qualidade e diversidade do mercado.

Desempenho Acústico das Lajes Nervuradas

 

Acústica

Na construção civil, no que se refere à acústica, a qualidade da laje é um dos requisitos. Com as normas técnicas criadas para o mercado da construção civil habitacional (NBR) foram definidos os limites de som que podem passar do imóvel de cima para o de baixo. A NBR 15.575 é a referência para balizar o desempenho acústico do SISTEMA DE PISO, com foco, especialmente, no conforto do morador .

 

Limites

A norma técnica prevê um volume específico de decibéis (dB) que pode ser ouvido entre um apartamento e outro. Há um limite diferenciado entre os quartos e os demais cômodos do imóvel. O volume de dB deve ser medido levando em conta o SISTEMA DE PISO que é o conjunto da laje, piso, contrapiso e forro. Outro critério é a forma como esse som é gerado: por impacto ou som aéreo.

Desempenho Acústico das Lajes Nervuradas

 

No caso do som gerado por impacto, aquele produzido a partir da queda de um objeto, por exemplo, ou da circulação de pessoas, 80 dB é o limite máximo que pode passar de um pavimento ao outro.

Para o som aéreo, aquele gerado a partir de uma conversa ou quando o vizinho está assistindo TV ou ouvindo música, a Norma de Desempenho leva em conta a redução desse ruído emitido. A redução  precisa chegar a 45 dB nos quartos e 40 dB nos demais cômodos do imóvel.

Temos total segurança e comprovação de que as Lajes Nervuradas  da Atex atendem a essas exigências por terem passado por diversos ensaios que corroboram o cumprimento das normas acústicas, mesmo estando em osso ou seja, sem acabamento.

 

Leia também: 5 SOFTWARES PARA FACILITAR O SEU TRABALHO NA ENGENHARIA E NA CONSTRUÇÃO CIVIL

 

Ensaios

Estudos feitos por empresas especializadas apontam que lajes convencionais pré-moldadas, maciças, treliçadas e nervuradas apresentam desempenho bastante semelhantes em relação à acústica.

Em uma das análises feita em Santa Maria (RS), com a laje no osso – apenas o concreto e a ferragem, sem o acabamento de piso, contrapiso e forro –, os resultados apontaram que, entre as quatro lajes ensaiadas, a que resultou em a maior transmissão de energia, foi a tipologia de laje pré-moldada convencional, apresentando um L’nT,w de 69 dB, chegando a apresentar picos de 75 dB ao longo do espectro e mantendo-se acima dos 70 dB em diversas faixas de frequência.

De acordo com o estudo, embora a quantidade de concreto da laje pré-moldada treliçada seja maior do que a laje pré-moldada convencional, os resultados foram próximos. A laje pré-moldada treliçada obteve L’nT,w de 63 dB. Da mesma forma que o produto anterior, existiram elementos de preenchimento em sua composição morfológica, nos casos, tavelas de cerâmica.

As lajes maciça e nervurada apresentaram desempenhos muito próximos. O resultado da laje nervurada foi um L’nT,w de 62 dB, enquanto a laje maciça de espessura 12cm obteve um L’nT,w de 60 dB. Um resultado altamente satisfatório tendo em vista a pequena espessura da capa da laje nervurada (5,5cm).

 

Lajes Nervuradas Atendem às Normas Acústicas

É fato que as Lajes Nervuradas Atex atendem às normas acústicas ainda no osso, ou seja, o desempenho será ainda melhor quanto as estruturas de piso, contrapiso e forro estiverem prontas e se somarem à laje.

Se você é engenheiro estrutural e está em busca de novas técnicas para a construção de empreendimentos residenciais, acesse os ensaios já realizados que comprovam a eficiência das lajes nervuradas em relação às normas acústicas estabelecidas para a construção civil.

 

Leia também: 5 DICAS PARA AUMENTAR A ECONOMIA E A EFICIÊNCIA NA CONSTRUÇÃO CIVIL

admin
Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.